CAMINHO DOS CANYONS


 


O Caminho dos Canyons denomina a região turística do Extremo Sul Catarinense formada por 15 municípios que se integram através de roteiros com 2 municípios do norte gaúcho. O desenvolvimento sustentável do turismo garante a preservação da autenticidade local e regional. A etnia dominante da população é açoriana, com vários núcleos de descendentes de italianos e a sua identidade é constatada na gastronomia, nas manifestações folclóricas, no artesanato e nos hábitos e costumes.


Essas características, aliadas ao variado mosaico de aspectos naturais, enriquecido por dois Parques Nacionais de preservação, formam um conjunto harmônico com o litoral e o complexo lagunar do extremo sul do Estado, tornando a Serra e o Mar um inesquecível caminho que leva aos Canyons, profundas crateras, que atingem até 1.000 m de profundidade, escavadas há milhões de anos pelas forças da natureza.


Esta região integra a Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense - AMESC - e está delimitada a oeste por dois Parques Nacionais, o Parque dos Aparados da Serra e o Parque da Serra Geral, e a leste, pelo Oceano Atlântico. Outra característica fundamental é a sua diversidade cultural e étnica e a sua estrutura fundiária, com predominância da pequena e média propriedade familiar. A rodovia federal BR 101 corta o seu território no sentido norte sul, sendo sua principal via de acesso.


Devido às reservas e recursos naturais existentes e bem preservados, o apelo ao ecoturismo e ao turismo de aventura são fortes características da região e muitos destes recursos ficam localizados dentro de pequenas propriedades rurais produtivas. O que, na verdade, é um entrave para os agricultores por serem terras improdutivas ou inacessíveis para a agricultura, mas com uma flora e fauna bem preservadas que, organizadas em roteiros integrados servem de receptivos turísticos. 


OS PARQUES NACIONAIS


 


A biodiversidade da região é protegida legalmente por duas unidades de conservação – Parque Nacional dos Aparados da Serra e o Parque Nacional da Serra Geral.
As Unidades de Conservação  são áreas protegidas por lei com objetivo de conservar a biodiversidade e outros atributos naturais neles contidos, com o mínimo de impacto. São divididas em dois grandes grupos: unidades proteção integral e unidades de uso sustentável. (ICMBio)


A sede dos dois parques nacionais fica localizada na área superior do canyon Itaimbezinho, em Cambará do Sul / RS


A interessante e caprichosa divisa geográfica entre  Santa Catarina (SC) e Rio Grande do Sul (RS), nesta área, se faz pelas bordas das escarpas da serra. A parte superior dos canyons, ou seja suas bordas, pertence ao RS (Cambará do Sul) e a parte inferior, ou seja suas crateras, pertence a Santa Catarina (Praia Grande e Jacinto Machado). Podemos afirmar, então, que neste ponto de vista, os dois Estados estão unidos pelos canyons.


 


Parque Nacional dos Aparados da Serra: Esta unidade de conservação foi criada em 1959 e possui território equivalente a 10.250 hectares entre os estados do Rio Grande do Sul (RS) e Santa Catarina (SC). O principal atrativo ecoturístico deste parque é o Canyon Itaimbezinho. Este Canyon pode ser visitado pela parte superior – trilhas do Vértice e do cotovelo – ou pela parte inferior – Trilha do Rio do Boi (Trekking).
O Parque é aberto de terça a domingo e em feriados das 9H às 17H.


 


Parque Nacional da Serra Geral: Criado em 1992 possui 17.300 hectares e contempla diversos Canyons, entre os mais famosos estão o Canyon Malacara, o Canyon Índios Coroados, o Canyon Churriado e o imenso Canyon Fortaleza.
Todos estes canyons possuem trilhas regulamentadas de diferentes níveis de dificuldade.
O Parque é aberto diariamente das 8H às 17H.


 


ATIVIDADES NA NATUREZA


 


A Região Caminho dos Canyons possibilita a integração com a natureza através de atividades de Ecoturismo, Turismo de Natureza, Turismo Rural e Turismo de Aventura:


 


Trekking: O trekking pode ser uma caminhada, uma expedição, um desafio. É a ação de andar em algum lugar com o intuito de alcançar um objetivo pré determinado: chegar até uma cachoeira no meio da mata, aproximar-se da natureza, superar os próprios limites do corpo e da mente, encontrar locais ainda inexplorados.


 


Rapel – Rappel: Trata-se de uma atividade vertical criada a partir das técnicas do alpinismo com uso de cordas e equipamentos adequados para a descida de paredões e vãos livres bem como outras edificações. Quando a descida é em cachoeiras, denomina-se cascading ou cachoeirismo.  A atividade dever ser ministrada por um instrutor capacitado e ciente das normas técnicas.


 


Canionismo - Canyoning: Descida de cursos d’água usualmente em cânions, sem embarcação, com transposição de obstáculos aquáticos, horizontais ou verticais. O Canyoning pode ser definido para um leigo como uma espécie de alpinismo praticado em cachoeiras. Mas o esporte vai muito além do rapel em cachoeiras, envolve tudo que diz respeito a exploração do ambiente dos canyons e dos rios em garganta.
O Canionismo é muito extenso, mas a vitrine dessa prática é o rapel em cachoeiras, que se denomina como 'cascading', e é amplamente praticado no Brasil.
O conceito e premissas do Canionismo é o de ser uma atividade de baixo impacto no convívio com o ambiente natural e interferir o mínimo possível nesses locais.
A emoção, obviamente, é o maior atrativo para os praticantes que se apaixonam pela exploração de canyons. E a adrenalina, se é que se pode chamar assim, se apresenta nas situações novas e inesperadas.


 


Observação de Pássaros – Bird Watching: Consiste na observação da fauna local (principalemnte pássaros) no ambiente natural, por meio de trilhas e caminhadas ecológicas.


 


Caminhadas Ecológicas – Hiking: são atividades desportivas, não competitivas, praticada essencialmente em ambientes naturais, auferindo aos praticantes os benefícios inerentes à prática de atividades ao ar livre, como uma forma de escapar do stress e sedentarismo e da rotina do dia a dia.


Praticado na natureza, proporciona uma interação que incentiva a observação da fauna, flora e formações geológicas, contribuindo para promover o respeito ao meio ambiente, através da  sensibilização e educação ambiental dos praticantes.

Copyright 2017 © Rota dos Canyons
Todos os direitos reservados - Política de Privacidade

Desenvolvido por:
Zaib Tecnologia